Receitas tradicionais

Cachorro se torna herói da Internet depois de roubar um lanche da churrasqueira

Cachorro se torna herói da Internet depois de roubar um lanche da churrasqueira

sanjagrujic / istockphoto.com

Um vídeo se tornou viral em Twitter depois que um cachorro foi filmado roubando um lanche no meio de um Programa de notícias chileno.

No vídeo, republicado em 11 de setembro por Mikel Jollett (vocalista da banda Airborne Toxic Event), o cão-napper pode ser visto esgueirando-se em três humanos desavisados, enquanto silenciosamente se agarra a um empanada e desliza para fora da grelha.

“O cachorro é o verdadeiro herói aqui,” escreveu Jollett, cujo tweet foi curtido mais de 76.000 vezes.

Não demorou muito para que os espectadores se divertissem - e fofocassem - sobre o criminoso suave. “Cachorro furtivo (emoji de cachorro) rouba a cena,” disse @Kween_Leah.

“Bem debaixo de seus narizes,” escreveu @theudell.

“Alguns heróis usam coleiras,” tweetou @Crowesq.

Jollet até pesou novamente, dizendo: "Estou começando a pensar que o cachorro e o repórter são uma equipe".

Seu cão é viciado em comida? Aqui estão algumas dicas para como colocar seu amigo de quatro patas em uma dieta.


7 maneiras de cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Amamos nossos cães, por isso, quando eles ficam doentes, é trágico. Um cachorro é realmente o melhor amigo do homem. Veja como cuidar de um cachorro velho que ficou cego.

A média de vida de um cão é de 11 anos. Raças pequenas tendem a viver por mais tempo & mdash acima de 17 anos, enquanto raças grandes (mais de 100 libras) são consideradas idosas por volta dos 6 ou 7 anos de idade.

Cuidar de um cão idoso não é tão simples quanto alimentá-lo e levá-lo para ir ao banheiro. Na verdade, é muito mais complexo. E o que dizer de um cão idoso que ficou cego? Aqui, mostraremos sete maneiras de ajudar a cuidar de seu querido amigo.

Primeiro, o que faz um cachorro ficar cego?

DogTime afirma que os cães podem ficar cegos devido a uma doença, genética, catarata ou ferimentos graves. A catarata costuma ser vista em cães mais velhos, mas a genética também pode fazer com que apareçam em cães mais jovens. DogTime descobriu que as raças com maior probabilidade de desenvolver catarata são Boston Terriers, Labrador Retrievers e Golden Retrievers.

Felizmente, tanto o cão quanto o dono se adaptam ao fato de um cão ficar cego. Se a cegueira ocorrer repentinamente, como por causa de uma lesão, o ajuste será mais longo do que se ocorrer lentamente ao longo do tempo, como visto na catarata.

Como cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Trate o cachorro como seu companheiro e amigo

Só porque seu cão ficou cego e está envelhecendo, não significa que ele deve ser sacrificado. Surpreendentemente, algumas pessoas pensam que é cruel manter um cachorro cego, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Os cães não têm uma visão quase tão boa quanto os humanos, em geral, então ser cego realmente não os afeta muito. Os cães já são parcialmente daltônicos, eles não conseguem focar em objetos que estão próximos a eles e não veem muitos detalhes, então ficar cegos é na verdade mais difícil para você do que para eles!

Fale com seu cachorro

Converse com seu cão regularmente para tranquilizá-lo de sua presença. Os comandos de uma palavra são melhores, já que os cães não entendem frases completas. Interaja regularmente com seu cão, dizendo-lhe para sentar, vir ou ficar. Use uma voz alegre e alegre também. Os cães estão sempre em sintonia com seus donos, portanto, mantenha-se feliz e positivo em sua presença.

Mantenha tigelas de comida e roupas de cama em um só lugar

Não mexa na comida ou na área de dormir do seu cão. Cães cegos e idosos gostam de rotinas e se sentem consolados sabendo onde estão localizados a comida e a cama. Além disso, tente não mexer nos próprios móveis com frequência, pois você pode criar ansiedade no cão ou fazer com que ele tropeça em alguma coisa.

Facilite a navegação em sua casa

Mantenha os corredores desobstruídos e use portões para manter o cão fora de salas que possam ser perigosas. Se você tiver escadas, bloqueie os degraus para que o cão não possa subir e descer, ou ajude-o a subir e descer todas as vezes. As escadas tendem a ser um ponto de estresse para cães cegos, portanto, use-as o mínimo possível. Além disso, considere colocar acolchoamento nos cantos da mesa, arestas duras e outras áreas onde o seu cão possa se machucar.

Use a guia regularmente

Os cães cegos se sentem seguros quando estão na coleira. Se o seu cão ficou cego repentinamente, use a guia pela casa até que ele se familiarize com o território. Além disso, sempre passeie seu cachorro com uma guia para impedi-lo de vagar pela rua.

Ouça seu cachorro

Bárbara, dona de um laboratório de 7 anos, costumava levar seu cachorro para longas caminhadas noturnas. Como ele envelheceu um pouco no último ano e começou a desenvolver catarata, o cão só consegue andar curtas distâncias antes de se cansar. Bárbara ouve as dicas de seu cachorro & # 8217s, passando por algumas casas antes de se virar. O exercício é bom, mas deve ser mínimo para cães idosos.

Mantenha seu cachorro socializado

Embora não seja a melhor hora para apresentar um novo animal de estimação à mistura, é uma boa ideia manter seu cão socializado. Lembre-se de que isso se aplica apenas a cães com saúde relativamente boa. Se seu cão tende a ficar estressado quando outros cães estão presentes, não se sinta obrigado a socializá-lo. As ideias incluem ir a um parque tranquilo para cães (ou ir quando souber que não estará ocupado) ou visitar a loja de animais local (novamente, quando souber que não estará ocupado).


7 maneiras de cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Amamos nossos cães, por isso, quando eles ficam doentes, é trágico. Um cachorro é realmente o melhor amigo do homem. Veja como cuidar de um cachorro velho que ficou cego.

A média de vida de um cão é de 11 anos. Raças pequenas tendem a viver mais & mdash acima de 17 anos, enquanto raças grandes (mais de 100 libras) são consideradas idosas por volta dos 6 ou 7 anos. Cães maiores geralmente têm mais pressão sobre as articulações e o coração, portanto, a expectativa de vida mais curta.

Cuidar de um cão idoso não é tão simples quanto alimentá-lo e levá-lo para ir ao banheiro. Na verdade, é muito mais complexo. E o que dizer de um cão idoso que ficou cego? Aqui, mostraremos sete maneiras de ajudar a cuidar de seu querido amigo.

Primeiro, o que faz um cachorro ficar cego?

DogTime afirma que os cães podem ficar cegos devido a uma doença, genética, catarata ou ferimentos graves. A catarata costuma ser vista em cães mais velhos, mas a genética também pode fazer com que apareçam em cães mais jovens. DogTime descobriu que as raças com maior probabilidade de desenvolver catarata são Boston Terriers, Labrador Retrievers e Golden Retrievers.

Felizmente, tanto o cão quanto o dono se adaptam ao fato de um cão ficar cego. Se a cegueira ocorrer repentinamente, como por causa de uma lesão, o ajuste será mais longo do que se ocorrer lentamente ao longo do tempo, como visto na catarata.

Como cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Trate o cachorro como seu companheiro e amigo

Só porque seu cão ficou cego e está envelhecendo, não significa que ele deve ser sacrificado. Surpreendentemente, algumas pessoas pensam que é cruel manter um cachorro cego, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Os cães não têm uma visão quase tão boa quanto os humanos, em geral, então ser cego realmente não os afeta muito. Os cães já são parcialmente daltônicos, eles não conseguem focar em objetos que estão próximos a eles e não veem muitos detalhes, então ficar cegos é na verdade mais difícil para você do que para eles!

Fale com seu cachorro

Converse com seu cão regularmente para tranquilizá-lo de sua presença. Comandos de uma palavra são melhores, já que os cães não entendem frases completas. Interaja regularmente com seu cão, dizendo-lhe para sentar, vir ou ficar. Use uma voz alegre e alegre também. Os cães estão sempre em sintonia com seus donos, portanto, mantenha-se feliz e positivo em sua presença.

Mantenha tigelas de comida e roupas de cama em um só lugar

Não mova a comida ou a área de dormir do seu cão. Cães cegos e idosos gostam de rotinas e se sentem reconfortados sabendo onde estão localizados a comida e a cama. Além disso, tente não mexer nos próprios móveis com frequência, pois você pode criar ansiedade no cão ou fazer com que ele tropeça em alguma coisa.

Facilite a navegação em sua casa

Mantenha os corredores desobstruídos e use portões para manter o cão fora de quartos que possam ser perigosos. Se você tiver escadas, bloqueie os degraus para que o cão não possa subir e descer ou ajude-o a subir e descer todas as vezes. As escadas tendem a ser um ponto de estresse para cães cegos, portanto, use-as o mínimo possível. Além disso, considere colocar acolchoamento nos cantos da mesa, arestas duras e outras áreas onde o seu cão possa se machucar.

Use a guia regularmente

Os cães cegos se sentem seguros quando estão na coleira. Se o seu cão ficar cego repentinamente, use a guia pela casa até que ele se familiarize com o território. Além disso, sempre passeie seu cachorro com uma guia para impedi-lo de vagar pela rua.

Ouça seu cachorro

Bárbara, dona de um laboratório de 7 anos, costumava levar seu cachorro para longas caminhadas noturnas. Como ele envelheceu um pouco no último ano e começou a desenvolver catarata, o cão só consegue andar curtas distâncias antes de se cansar. Bárbara ouve as dicas de seu cachorro & # 8217s, passando por algumas casas antes de se virar. O exercício é bom, mas deve ser mínimo para cães idosos.

Mantenha seu cachorro socializado

Embora não seja a melhor hora para apresentar um novo animal de estimação à mistura, é uma boa ideia manter seu cão socializado. Lembre-se de que isso se aplica apenas a cães com saúde relativamente boa. Se seu cão tende a ficar estressado quando outros cães estão presentes, não se sinta obrigado a socializá-lo. As ideias incluem ir a um parque tranquilo para cães (ou ir quando souber que não estará ocupado) ou visitar a loja de animais local (novamente, quando souber que não estará ocupado).


7 maneiras de cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Amamos nossos cães, por isso, quando eles ficam doentes, é trágico. Um cachorro é realmente o melhor amigo do homem. Veja como cuidar de um cachorro velho que ficou cego.

A média de vida de um cão é de 11 anos. Raças pequenas tendem a viver por mais tempo & mdash acima de 17 anos, enquanto raças grandes (mais de 100 libras) são consideradas idosas por volta dos 6 ou 7 anos de idade.

Cuidar de um cão idoso não é tão simples quanto alimentá-lo e levá-lo para ir ao banheiro. Na verdade, é muito mais complexo. E o que dizer de um cão idoso que ficou cego? Aqui, mostraremos sete maneiras de ajudar a cuidar de seu querido amigo.

Primeiro, o que faz um cachorro ficar cego?

DogTime afirma que os cães podem ficar cegos devido a uma doença, genética, catarata ou ferimentos graves. A catarata costuma ser vista em cães mais velhos, mas a genética também pode fazer com que apareçam em cães mais jovens. DogTime descobriu que as raças com maior probabilidade de desenvolver catarata são Boston Terriers, Labrador Retrievers e Golden Retrievers.

Felizmente, tanto o cão quanto o dono se adaptam ao fato de um cão ficar cego. Se a cegueira ocorrer repentinamente, como por causa de uma lesão, o ajuste será mais longo do que se ocorrer lentamente ao longo do tempo, como visto na catarata.

Como cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Trate o cachorro como seu companheiro e amigo

Só porque seu cão ficou cego e está envelhecendo, não significa que ele deve ser sacrificado. Surpreendentemente, algumas pessoas pensam que é cruel manter um cachorro cego, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Os cães não têm uma visão quase tão boa quanto os humanos, em geral, então ser cego realmente não os afeta muito. Os cães já são parcialmente daltônicos, eles não conseguem focar em objetos que estão próximos a eles e não veem muitos detalhes, então ficar cegos é na verdade mais difícil para você do que para eles!

Fale com seu cachorro

Converse com seu cão regularmente para tranquilizá-lo de sua presença. Os comandos de uma palavra são melhores, já que os cães não entendem frases completas. Interaja regularmente com seu cão, dizendo-lhe para sentar, vir ou ficar. Use uma voz alegre e alegre também. Os cães estão sempre em sintonia com seus donos, portanto, mantenha-se feliz e positivo em sua presença.

Mantenha tigelas de comida e roupas de cama em um só lugar

Não mexa na comida ou na área de dormir do seu cão. Cães cegos e idosos gostam de rotinas e se sentem reconfortados sabendo onde estão localizados a comida e a cama. Além disso, tente não mexer nos próprios móveis com frequência, pois você pode criar ansiedade no cão ou fazer com que ele tropeça em alguma coisa.

Facilite a navegação em sua casa

Mantenha os corredores desobstruídos e use portões para manter o cão fora de quartos que possam ser perigosos. Se você tiver escadas, bloqueie os degraus para que o cão não possa subir e descer ou ajude-o a subir e descer todas as vezes. As escadas tendem a ser um ponto de estresse para cães cegos, portanto, use-as o mínimo possível. Além disso, considere colocar acolchoamento nos cantos da mesa, arestas duras e outras áreas onde o seu cão possa se machucar.

Use a guia regularmente

Os cães cegos se sentem seguros quando estão na coleira. Se o seu cão ficou cego repentinamente, use a guia pela casa até que ele se familiarize com o território. Além disso, sempre passeie seu cachorro com uma guia para impedi-lo de vagar pela rua.

Ouça seu cachorro

Bárbara, dona de um laboratório de 7 anos, costumava levar seu cachorro para longas caminhadas noturnas. Como ele envelheceu um pouco no último ano e começou a desenvolver catarata, o cão só consegue andar curtas distâncias antes de se cansar. Bárbara ouve as dicas de seu cachorro & # 8217s, passando por algumas casas antes de se virar. O exercício é bom, mas deve ser mínimo para cães idosos.

Mantenha seu cachorro socializado

Embora não seja a melhor hora para apresentar um novo animal de estimação à mistura, é uma boa ideia manter seu cão socializado. Lembre-se de que isso se aplica apenas a cães com saúde relativamente boa. Se seu cão tende a ficar estressado quando outros cães estão presentes, não se sinta obrigado a socializá-lo. As ideias incluem ir a um parque tranquilo para cães (ou ir quando souber que não estará ocupado) ou visitar a loja de animais local (novamente, quando souber que não estará ocupado).


7 maneiras de cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Amamos nossos cães, por isso, quando eles ficam doentes, é trágico. Um cachorro é realmente o melhor amigo do homem. Veja como cuidar de um cachorro velho que ficou cego.

A média de vida de um cão é de 11 anos. Raças pequenas tendem a viver por mais tempo & mdash acima de 17 anos, enquanto raças grandes (mais de 100 libras) são consideradas idosas por volta dos 6 ou 7 anos de idade.

Cuidar de um cão idoso não é tão simples quanto alimentá-lo e levá-lo para ir ao banheiro. Na verdade, é muito mais complexo. E o que dizer de um cão idoso que ficou cego? Aqui, mostraremos sete maneiras de ajudar a cuidar de seu querido amigo.

Primeiro, o que faz um cachorro ficar cego?

DogTime afirma que os cães podem ficar cegos devido a uma doença, genética, catarata ou ferimentos graves. A catarata costuma ser vista em cães mais velhos, mas a genética também pode fazer com que apareçam em cães mais jovens. DogTime descobriu que as raças com maior probabilidade de desenvolver catarata são Boston Terriers, Labrador Retrievers e Golden Retrievers.

Felizmente, tanto o cão quanto o dono se adaptam ao fato de um cão ficar cego. Se a cegueira ocorrer repentinamente, como por causa de uma lesão, o ajuste será mais longo do que se ocorrer lentamente ao longo do tempo, como visto na catarata.

Como cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Trate o cachorro como seu companheiro e amigo

Só porque seu cachorro ficou cego e está envelhecendo, não significa que ele deva ser sacrificado. Surpreendentemente, algumas pessoas pensam que é cruel manter um cachorro cego, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Os cães não têm uma visão quase tão boa quanto os humanos, em geral, então ser cego realmente não os afeta muito. Os cães já são parcialmente daltônicos, eles não conseguem focar em objetos que estão próximos a eles e não veem muitos detalhes, então ficar cegos é na verdade mais difícil para você do que para eles!

Fale com seu cachorro

Converse com seu cão regularmente para tranquilizá-lo de sua presença. Comandos de uma palavra são melhores, já que os cães não entendem frases completas. Interaja regularmente com seu cão, dizendo-lhe para sentar, vir ou ficar. Use uma voz alegre e alegre também. Os cães estão sempre em sintonia com seus donos, portanto, mantenha-se feliz e positivo em sua presença.

Mantenha tigelas de comida e roupas de cama em um só lugar

Não mexa na comida ou na área de dormir do seu cão. Cães cegos e idosos gostam de rotinas e se sentem reconfortados sabendo onde estão localizados a comida e a cama. Além disso, tente não mexer nos próprios móveis com frequência, pois você pode criar ansiedade no cão ou fazer com que ele tropeça em alguma coisa.

Facilite a navegação em sua casa

Mantenha os corredores desobstruídos e use portões para manter o cão fora de quartos que possam ser perigosos. Se você tiver escadas, bloqueie os degraus para que o cão não possa subir e descer, ou ajude-o a subir e descer todas as vezes. As escadas tendem a ser um ponto de estresse para cães cegos, portanto, use-as o mínimo possível. Além disso, considere colocar acolchoamento nos cantos da mesa, arestas duras e outras áreas onde o seu cão possa se machucar.

Use a guia regularmente

Os cães cegos se sentem seguros quando estão na coleira. Se o seu cão ficou cego repentinamente, use a guia pela casa até que ele se familiarize com o território. Além disso, sempre passeie seu cachorro com uma guia para impedi-lo de vagar pela rua.

Ouça seu cachorro

Bárbara, dona de um laboratório de 7 anos, costumava levar seu cachorro para longas caminhadas noturnas. Como ele envelheceu um pouco no último ano e começou a desenvolver catarata, o cão só consegue andar curtas distâncias antes de se cansar. Bárbara ouve as dicas de seu cachorro & # 8217s, passando por algumas casas antes de se virar. O exercício é bom, mas deve ser mínimo para cães idosos.

Mantenha seu cachorro socializado

Embora não seja a melhor hora para apresentar um novo animal de estimação à mistura, é uma boa ideia manter seu cão socializado. Lembre-se de que isso se aplica apenas a cães com saúde relativamente boa. Se seu cão tende a ficar estressado quando outros cães estão presentes, não se sinta obrigado a socializá-lo. As ideias incluem ir a um parque tranquilo para cães (ou ir quando souber que não estará ocupado) ou visitar a loja de animais local (novamente, quando souber que não estará ocupado).


7 maneiras de cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Amamos nossos cães, por isso, quando eles ficam doentes, é trágico. Um cachorro é realmente o melhor amigo do homem. Veja como cuidar de um cachorro velho que ficou cego.

A média de vida de um cão é de 11 anos. Raças pequenas tendem a viver mais & mdash acima de 17 anos, enquanto raças grandes (mais de 100 libras) são consideradas idosas por volta dos 6 ou 7 anos. Cães maiores geralmente têm mais pressão sobre as articulações e o coração, portanto, a expectativa de vida mais curta.

Cuidar de um cão idoso não é tão simples quanto alimentá-lo e levá-lo para ir ao banheiro. Na verdade, é muito mais complexo. E o que dizer de um cão idoso que ficou cego? Aqui, mostraremos sete maneiras de ajudar a cuidar de seu querido amigo.

Primeiro, o que faz um cachorro ficar cego?

DogTime afirma que os cães podem ficar cegos devido a uma doença, genética, catarata ou ferimentos graves. A catarata costuma ser vista em cães mais velhos, mas a genética também pode fazer com que apareçam em cães mais jovens. DogTime descobriu que as raças com maior probabilidade de desenvolver catarata são Boston Terriers, Labrador Retrievers e Golden Retrievers.

Felizmente, tanto o cão quanto o dono se adaptam ao fato de um cão ficar cego. Se a cegueira ocorrer repentinamente, como por causa de uma lesão, o ajuste será mais longo do que se ocorrer lentamente ao longo do tempo, como visto na catarata.

Como cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Trate o cachorro como seu companheiro e amigo

Só porque seu cachorro ficou cego e está envelhecendo, não significa que ele deva ser sacrificado. Surpreendentemente, algumas pessoas pensam que é cruel manter um cachorro cego, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Os cães não têm uma visão quase tão boa quanto os humanos, em geral, então ser cego realmente não os afeta muito. Os cães já são parcialmente daltônicos, eles não conseguem focar em objetos que estão próximos a eles e não veem muitos detalhes, então ficar cegos é na verdade mais difícil para você do que para eles!

Fale com seu cachorro

Converse com seu cão regularmente para tranquilizá-lo de sua presença. Os comandos de uma palavra são melhores, já que os cães não entendem frases completas. Interaja regularmente com seu cão, dizendo-lhe para sentar, vir ou ficar. Use uma voz alegre e alegre também. Os cães estão sempre em sintonia com seus donos, portanto, mantenha-se feliz e positivo em sua presença.

Mantenha tigelas de comida e roupas de cama em um só lugar

Não mova a comida ou a área de dormir do seu cão. Cães cegos e idosos gostam de rotinas e se sentem consolados sabendo onde estão localizados a comida e a cama. Além disso, tente não mexer nos seus próprios móveis com frequência, pois você pode criar ansiedade no cão ou fazer com que ele tropeça em alguma coisa.

Facilite a navegação em sua casa

Mantenha os corredores desobstruídos e use portões para manter o cão fora de salas que possam ser perigosas. Se você tiver escadas, bloqueie os degraus para que o cão não possa subir e descer, ou ajude-o a subir e descer todas as vezes. As escadas tendem a ser um ponto de estresse para cães cegos, portanto, use-as o mínimo possível. Além disso, considere colocar acolchoamento nos cantos da mesa, arestas duras e outras áreas onde o seu cão possa se machucar.

Use a guia regularmente

Os cães cegos se sentem seguros quando estão na coleira. Se o seu cão ficou cego repentinamente, use a guia pela casa até que ele se familiarize com o território. Além disso, sempre passeie seu cachorro com uma guia para impedi-lo de vagar pela rua.

Ouça seu cachorro

Bárbara, dona de um laboratório de 7 anos, costumava levar seu cachorro para longas caminhadas noturnas. Como ele envelheceu um pouco no último ano e começou a desenvolver catarata, o cão só consegue andar curtas distâncias antes de se cansar. Bárbara ouve as dicas de seu cachorro & # 8217s, passando por algumas casas antes de se virar. O exercício é bom, mas deve ser mínimo para cães idosos.

Mantenha seu cachorro socializado

Embora não seja a melhor hora para apresentar um novo animal de estimação à mistura, é uma boa ideia manter seu cão socializado. Lembre-se de que isso se aplica apenas a cães com saúde relativamente boa. Se seu cão tende a ficar estressado quando outros cães estão presentes, não se sinta obrigado a socializá-lo. As ideias incluem ir a um parque tranquilo para cães (ou ir quando souber que não estará ocupado) ou visitar a loja de animais local (novamente, quando souber que não estará ocupado).


7 maneiras de cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Amamos nossos cães, por isso, quando eles ficam doentes, é trágico. Um cachorro é realmente o melhor amigo do homem. Veja como cuidar de um cachorro velho que ficou cego.

A média de vida de um cão é de 11 anos. Raças pequenas tendem a viver por mais tempo & mdash acima de 17 anos, enquanto raças grandes (mais de 100 libras) são consideradas idosas por volta dos 6 ou 7 anos de idade.

Cuidar de um cão idoso não é tão simples quanto alimentá-lo e levá-lo para ir ao banheiro. Na verdade, é muito mais complexo. E o que dizer de um cão idoso que ficou cego? Aqui, mostraremos sete maneiras de ajudar a cuidar de seu querido amigo.

Primeiro, o que faz um cachorro ficar cego?

DogTime afirma que os cães podem ficar cegos devido a uma doença, genética, catarata ou ferimentos graves. A catarata costuma ser vista em cães mais velhos, mas a genética também pode fazer com que apareçam em cães mais jovens. DogTime descobriu que as raças com maior probabilidade de desenvolver catarata são Boston Terriers, Labrador Retrievers e Golden Retrievers.

Felizmente, tanto o cão quanto o dono se adaptam ao fato de um cão ficar cego. Se a cegueira ocorrer repentinamente, como por causa de uma lesão, o ajuste será mais longo do que se ocorrer lentamente ao longo do tempo, como visto na catarata.

Como cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Trate o cachorro como seu companheiro e amigo

Só porque seu cachorro ficou cego e está envelhecendo, não significa que ele deva ser sacrificado. Surpreendentemente, algumas pessoas pensam que é cruel manter um cachorro cego, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Os cães não têm uma visão quase tão boa quanto os humanos, em geral, então ser cego realmente não os afeta muito. Os cães já são parcialmente daltônicos, eles não conseguem focar em objetos que estão próximos a eles e não veem muitos detalhes, então ficar cegos é na verdade mais difícil para você do que para eles!

Fale com seu cachorro

Converse com seu cão regularmente para tranquilizá-lo de sua presença. Comandos de uma palavra são melhores, já que os cães não entendem frases completas. Interaja regularmente com seu cão, dizendo-lhe para sentar, vir ou ficar. Use uma voz alegre e alegre também. Os cães estão sempre em sintonia com seus donos, portanto, mantenha-se feliz e positivo em sua presença.

Mantenha tigelas de comida e roupas de cama em um só lugar

Não mova a comida ou a área de dormir do seu cão. Cães cegos e idosos gostam de rotinas e se sentem reconfortados sabendo onde estão localizados a comida e a cama. Além disso, tente não mexer nos seus próprios móveis com frequência, pois você pode criar ansiedade no cão ou fazer com que ele tropeça em alguma coisa.

Facilite a navegação em sua casa

Mantenha os corredores desobstruídos e use portões para manter o cão fora de quartos que possam ser perigosos. Se você tiver escadas, bloqueie os degraus para que o cão não possa subir e descer ou ajude-o a subir e descer todas as vezes. As escadas tendem a ser um ponto de estresse para cães cegos, portanto, use-as o mínimo possível. Além disso, considere colocar acolchoamento nos cantos da mesa, arestas duras e outras áreas onde o seu cão possa se machucar.

Use a guia regularmente

Os cães cegos se sentem seguros quando estão na coleira. Se o seu cão ficou cego repentinamente, use a guia pela casa até que ele se familiarize com o território. Além disso, sempre passeie seu cachorro com uma guia para impedi-lo de vagar pela rua.

Ouça seu cachorro

Bárbara, dona de um laboratório de 7 anos, costumava levar seu cachorro para longas caminhadas noturnas. Como ele envelheceu um pouco no último ano e começou a desenvolver catarata, o cão só consegue andar curtas distâncias antes de se cansar. Bárbara ouve as dicas de seu cachorro & # 8217s, passando por algumas casas antes de se virar. O exercício é bom, mas deve ser mínimo para cães idosos.

Mantenha seu cachorro socializado

Embora não seja a melhor hora para apresentar um novo animal de estimação à mistura, é uma boa ideia manter seu cão socializado. Lembre-se de que isso se aplica apenas a cães com saúde relativamente boa. Se seu cão tende a ficar estressado quando outros cães estão presentes, não se sinta obrigado a socializá-lo. As ideias incluem ir a um parque tranquilo para cães (ou ir quando souber que não estará ocupado) ou visitar a loja de animais local (novamente, quando souber que não estará ocupado).


7 maneiras de cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Amamos nossos cães, por isso, quando eles ficam doentes, é trágico. Um cachorro é realmente o melhor amigo do homem. Veja como cuidar de um cachorro velho que ficou cego.

A média de vida de um cão é de 11 anos. Raças pequenas tendem a viver por mais tempo & mdash acima de 17 anos, enquanto raças grandes (mais de 100 libras) são consideradas idosas por volta dos 6 ou 7 anos de idade.

Cuidar de um cão idoso não é tão simples quanto alimentá-lo e levá-lo para ir ao banheiro. Na verdade, é muito mais complexo. E o que dizer de um cão idoso que ficou cego? Aqui, mostraremos sete maneiras de ajudar a cuidar de seu querido amigo.

Primeiro, o que faz um cachorro ficar cego?

DogTime afirma que os cães podem ficar cegos devido a uma doença, genética, catarata ou ferimentos graves. A catarata costuma ser vista em cães mais velhos, mas a genética também pode fazer com que apareçam em cães mais jovens. DogTime descobriu que as raças com maior probabilidade de desenvolver catarata são Boston Terriers, Labrador Retrievers e Golden Retrievers.

Felizmente, tanto o cão quanto o dono se adaptam ao fato de um cão ficar cego. Se a cegueira ocorrer repentinamente, como por causa de uma lesão, o ajuste será mais longo do que se ocorrer lentamente ao longo do tempo, como visto na catarata.

Como cuidar de um cachorro velho que ficou cego

Trate o cachorro como seu companheiro e amigo

Só porque seu cachorro ficou cego e está envelhecendo, não significa que ele deva ser sacrificado. Surpreendentemente, algumas pessoas pensam que é cruel manter um cachorro cego, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Os cães não têm uma visão quase tão boa quanto os humanos, em geral, então ser cego realmente não os afeta muito. Os cães já são parcialmente daltônicos, eles não conseguem focar em objetos que estão próximos a eles e não veem muitos detalhes, então ficar cegos é na verdade mais difícil para você do que para eles!

Fale com seu cachorro

Converse com seu cão regularmente para tranquilizá-lo de sua presença. Comandos de uma palavra são melhores, já que os cães não entendem frases completas. Interaja regularmente com seu cão, dizendo-lhe para sentar, vir ou ficar. Use uma voz alegre e alegre também. Os cães estão sempre em sintonia com seus donos, portanto, mantenha-se feliz e positivo em sua presença.

Mantenha tigelas de comida e roupas de cama em um só lugar

Não mexa na comida ou na área de dormir do seu cão. Cães cegos e idosos gostam de rotinas e se sentem reconfortados sabendo onde estão localizados a comida e a cama. Além disso, tente não mexer nos próprios móveis com frequência, pois você pode criar ansiedade no cão ou fazer com que ele tropeça em alguma coisa.

Facilite a navegação em sua casa

Mantenha os corredores desobstruídos e use portões para manter o cão fora de quartos que possam ser perigosos. Se você tiver escadas, bloqueie os degraus para que o cão não possa subir e descer ou ajude-o a subir e descer todas as vezes. As escadas tendem a ser um ponto de estresse para cães cegos, portanto, use-as o mínimo possível. Além disso, considere colocar acolchoamento nos cantos da mesa, arestas duras e outras áreas onde o seu cão possa se machucar.

Use a guia regularmente

Os cães cegos se sentem seguros quando estão na coleira. Se o seu cão ficar cego repentinamente, use a guia pela casa até que ele se familiarize com o território. Além disso, sempre passeie seu cachorro com uma guia para impedi-lo de vagar pela rua.

Ouça seu cachorro

Bárbara, dona de um laboratório de 7 anos, costumava levar seu cachorro para longas caminhadas noturnas. Como ele envelheceu um pouco no último ano e começou a desenvolver catarata, o cão só consegue andar curtas distâncias antes de se cansar. Barbara listens to her dog’s cues, only walking past a few houses before turning around. Exercise is good, but it should be kept at a minimum for elderly dogs.

Keep your dog socialized

While it’s not going to be the best time to introduce a new pet to the mix, it’s a good idea to keep your dog socialized. Keep in mind that this only applies to dogs that are in relatively good health. If your dog tends to get stressed out when other dogs are present, don’t feel obligated to socialize him. Ideas include going to a mellow dog park (or go when you know it won’t be busy) or visiting your local pet store (again, when you know it won’t be busy).


7 Ways to care for an old dog that’s gone blind

We love our dogs, so when they get sick it’s tragic. A dog really is man’s best friend. Here’s how to care for an old dog that’s gone blind.

The average lifespan of a dog is 11 years. Small breeds tend to live the longest &mdash upwards of 17 years, while large breeds (over 100 pounds) are considered elderly around age 6 or 7. Larger dogs typically have more strain on their joints and heart, hence the shorter lifespan.

Caring for an elderly dog isn’t as simple as feeding him and taking him out to go potty. In fact, it’s much more complex. And what about an elderly dog that’s gone blind? Here, we’ll show you seven ways to help take care of your beloved friend.

First, what causes a dog to go blind?

DogTime states that dogs can go blind because of an illness, genetics, cataracts or serious injury. Cataracts are typically seen in dogs that are older, but genetics can make them appear in younger dogs, too. DogTime found that the breeds most likely to develop cataracts are Boston Terriers, Labrador Retrievers and Golden Retrievers.

Luckily, both the dog and the owner will adjust to a dog going blind. If the blindness occurs suddenly, such as from an injury, the adjustment will be longer than if it occurs slowly over time, as seen with cataracts.

How to care for an old dog that’s gone blind

Treat the dog like your companion and friend

Just because your dog’s gone blind and is aging doesn’t mean he should be put down. Surprisingly, some people think it’s cruel to keep a blind dog, but that couldn’t be further from the truth. Dogs don’t have nearly as good vision as humans, in general, so being blind really doesn’t affect them too much. Dogs are already partially color blind, they can’t focus on objects that are close to them and they don’t see many details, so their going blind is actually harder on you than it is on them!

Talk to your dog

Talk to your dog regularly to reassure him of your presence. One-word commands are best, since dogs don’t understand full-on sentences. Regularly interact with your dog by telling him to sit, come or stay. Use a happy, cheery voice as well. Dogs are always in tune with their owners, so remain happy and positive in their presence.

Keep food bowls and bedding in one spot

Don’t move around your dog’s food or sleeping area. Blind, elderly dogs like routines and are comforted knowing where their food and bed is located. Also, try not to move around your own furniture often, as you may create anxiety in the dog or cause the dog to walk into something.

Make your house easy to navigate

Keep the hallways clear and use gates to keep your dog out of rooms that may be dangerous. If you have stairs, block the steps so the dog can’t go up and down, or help her go up and down each time. Stairs tend to be a point of stress for blind dogs, so use them minimally. Also, consider placing padding on table corners, hard edges and other areas where your dog may get injured.

Use the leash regularly

Blind dogs feel secure when they’re on a leash. If your dog has suddenly gone blind, use the leash around the house until the dog gets familiar with the territory. Also, always walk your dog with a leash to prevent her from wandering into the street.

Listen to your dog

Barbara, owner of a 7-year-old lab, used to take her dog on nightly long walks. Since he’s aged quite a bit over the past year and has started developing cataracts, the dog is only able to walk short distances before tiring out. Barbara listens to her dog’s cues, only walking past a few houses before turning around. Exercise is good, but it should be kept at a minimum for elderly dogs.

Keep your dog socialized

While it’s not going to be the best time to introduce a new pet to the mix, it’s a good idea to keep your dog socialized. Keep in mind that this only applies to dogs that are in relatively good health. If your dog tends to get stressed out when other dogs are present, don’t feel obligated to socialize him. Ideas include going to a mellow dog park (or go when you know it won’t be busy) or visiting your local pet store (again, when you know it won’t be busy).


7 Ways to care for an old dog that’s gone blind

We love our dogs, so when they get sick it’s tragic. A dog really is man’s best friend. Here’s how to care for an old dog that’s gone blind.

The average lifespan of a dog is 11 years. Small breeds tend to live the longest &mdash upwards of 17 years, while large breeds (over 100 pounds) are considered elderly around age 6 or 7. Larger dogs typically have more strain on their joints and heart, hence the shorter lifespan.

Caring for an elderly dog isn’t as simple as feeding him and taking him out to go potty. In fact, it’s much more complex. And what about an elderly dog that’s gone blind? Here, we’ll show you seven ways to help take care of your beloved friend.

First, what causes a dog to go blind?

DogTime states that dogs can go blind because of an illness, genetics, cataracts or serious injury. Cataracts are typically seen in dogs that are older, but genetics can make them appear in younger dogs, too. DogTime found that the breeds most likely to develop cataracts are Boston Terriers, Labrador Retrievers and Golden Retrievers.

Luckily, both the dog and the owner will adjust to a dog going blind. If the blindness occurs suddenly, such as from an injury, the adjustment will be longer than if it occurs slowly over time, as seen with cataracts.

How to care for an old dog that’s gone blind

Treat the dog like your companion and friend

Just because your dog’s gone blind and is aging doesn’t mean he should be put down. Surprisingly, some people think it’s cruel to keep a blind dog, but that couldn’t be further from the truth. Dogs don’t have nearly as good vision as humans, in general, so being blind really doesn’t affect them too much. Dogs are already partially color blind, they can’t focus on objects that are close to them and they don’t see many details, so their going blind is actually harder on you than it is on them!

Talk to your dog

Talk to your dog regularly to reassure him of your presence. One-word commands are best, since dogs don’t understand full-on sentences. Regularly interact with your dog by telling him to sit, come or stay. Use a happy, cheery voice as well. Dogs are always in tune with their owners, so remain happy and positive in their presence.

Keep food bowls and bedding in one spot

Don’t move around your dog’s food or sleeping area. Blind, elderly dogs like routines and are comforted knowing where their food and bed is located. Also, try not to move around your own furniture often, as you may create anxiety in the dog or cause the dog to walk into something.

Make your house easy to navigate

Keep the hallways clear and use gates to keep your dog out of rooms that may be dangerous. If you have stairs, block the steps so the dog can’t go up and down, or help her go up and down each time. Stairs tend to be a point of stress for blind dogs, so use them minimally. Also, consider placing padding on table corners, hard edges and other areas where your dog may get injured.

Use the leash regularly

Blind dogs feel secure when they’re on a leash. If your dog has suddenly gone blind, use the leash around the house until the dog gets familiar with the territory. Also, always walk your dog with a leash to prevent her from wandering into the street.

Listen to your dog

Barbara, owner of a 7-year-old lab, used to take her dog on nightly long walks. Since he’s aged quite a bit over the past year and has started developing cataracts, the dog is only able to walk short distances before tiring out. Barbara listens to her dog’s cues, only walking past a few houses before turning around. Exercise is good, but it should be kept at a minimum for elderly dogs.

Keep your dog socialized

While it’s not going to be the best time to introduce a new pet to the mix, it’s a good idea to keep your dog socialized. Keep in mind that this only applies to dogs that are in relatively good health. If your dog tends to get stressed out when other dogs are present, don’t feel obligated to socialize him. Ideas include going to a mellow dog park (or go when you know it won’t be busy) or visiting your local pet store (again, when you know it won’t be busy).


7 Ways to care for an old dog that’s gone blind

We love our dogs, so when they get sick it’s tragic. A dog really is man’s best friend. Here’s how to care for an old dog that’s gone blind.

The average lifespan of a dog is 11 years. Small breeds tend to live the longest &mdash upwards of 17 years, while large breeds (over 100 pounds) are considered elderly around age 6 or 7. Larger dogs typically have more strain on their joints and heart, hence the shorter lifespan.

Caring for an elderly dog isn’t as simple as feeding him and taking him out to go potty. In fact, it’s much more complex. And what about an elderly dog that’s gone blind? Here, we’ll show you seven ways to help take care of your beloved friend.

First, what causes a dog to go blind?

DogTime states that dogs can go blind because of an illness, genetics, cataracts or serious injury. Cataracts are typically seen in dogs that are older, but genetics can make them appear in younger dogs, too. DogTime found that the breeds most likely to develop cataracts are Boston Terriers, Labrador Retrievers and Golden Retrievers.

Luckily, both the dog and the owner will adjust to a dog going blind. If the blindness occurs suddenly, such as from an injury, the adjustment will be longer than if it occurs slowly over time, as seen with cataracts.

How to care for an old dog that’s gone blind

Treat the dog like your companion and friend

Just because your dog’s gone blind and is aging doesn’t mean he should be put down. Surprisingly, some people think it’s cruel to keep a blind dog, but that couldn’t be further from the truth. Dogs don’t have nearly as good vision as humans, in general, so being blind really doesn’t affect them too much. Dogs are already partially color blind, they can’t focus on objects that are close to them and they don’t see many details, so their going blind is actually harder on you than it is on them!

Talk to your dog

Talk to your dog regularly to reassure him of your presence. One-word commands are best, since dogs don’t understand full-on sentences. Regularly interact with your dog by telling him to sit, come or stay. Use a happy, cheery voice as well. Dogs are always in tune with their owners, so remain happy and positive in their presence.

Keep food bowls and bedding in one spot

Don’t move around your dog’s food or sleeping area. Blind, elderly dogs like routines and are comforted knowing where their food and bed is located. Also, try not to move around your own furniture often, as you may create anxiety in the dog or cause the dog to walk into something.

Make your house easy to navigate

Keep the hallways clear and use gates to keep your dog out of rooms that may be dangerous. If you have stairs, block the steps so the dog can’t go up and down, or help her go up and down each time. Stairs tend to be a point of stress for blind dogs, so use them minimally. Also, consider placing padding on table corners, hard edges and other areas where your dog may get injured.

Use the leash regularly

Blind dogs feel secure when they’re on a leash. If your dog has suddenly gone blind, use the leash around the house until the dog gets familiar with the territory. Also, always walk your dog with a leash to prevent her from wandering into the street.

Listen to your dog

Barbara, owner of a 7-year-old lab, used to take her dog on nightly long walks. Since he’s aged quite a bit over the past year and has started developing cataracts, the dog is only able to walk short distances before tiring out. Barbara listens to her dog’s cues, only walking past a few houses before turning around. Exercise is good, but it should be kept at a minimum for elderly dogs.

Keep your dog socialized

While it’s not going to be the best time to introduce a new pet to the mix, it’s a good idea to keep your dog socialized. Keep in mind that this only applies to dogs that are in relatively good health. If your dog tends to get stressed out when other dogs are present, don’t feel obligated to socialize him. Ideas include going to a mellow dog park (or go when you know it won’t be busy) or visiting your local pet store (again, when you know it won’t be busy).


Assista o vídeo: Cão rouba pote cheio de ração para dividir com os amigos (Janeiro 2022).